Ajudando seu paciente a se livrar da ansiedade

Podemos dizer que a ansiedade é um dos males do século! A competitividade, o estresse, e o imediatismo da nossa sociedade podem ser os grandes responsáveis por tudo isso.

Em cidades grandes, como São Paulo, por exemplo, pelo menos 30% da população sofre de ansiedade! Um número que com certeza assusta!

Por isso não é nada incomum pacientes chegarem ao seu consultório com um pedido de ajuda relacionado a ansiedade, e mais do que isso, você pode ver um paciente que veio por outra queixa desenvolver esse sintoma.

E sabemos que a ansiedade faz com que o paciente vivencie sintomas físicos e mentais, e pode ajudar a desenvolver outras doenças. Por isso, é muito importante empregar métodos para livrar o seu paciente dessa condição.

1 – O poder das técnicas de respiração e de relaxamento

Além da escuta ativa e com qualidade, o terapeuta pode sim ensinar ao seu paciente técnicas de respiração e de relaxamento, tais técnicas ajudam no combate dos sintomas, e fazem com que a pessoa sinta–se no controle do seu organismo.

Durante os exercícios de respiração a pessoa consegue se acalmar, dessa forma, o pensamento racional é devolvido e ela consegue lidar melhor com a situação de ansiedade e com os sintomas.

Além disso, a ansiedade causa muita tensão muscular, e os exercícios vão auxiliar nessa parte.

Durante as sessões de psicoterapia você pode reservar os minutos finais para ensinar e orientar o paciente a fazer essas técnicas todos os dias, até mesmo como forma de proteção.

2 – Pensamento racional

Como já citamos no artigo, a ansiedade é caracterizada pelo pensamento irracional, somos tomados pelo medo, por exemplo.

Por isso, quando o paciente trazer alguma situação de ansiedade o terapeuta deve fazer perguntas! Esse processo vai ser muito angustiante para a pessoa ansiosa de início.

O profissional deve ter ferramentas para lidar com essa angustia, mas o resultado final da técnica tem se mostrado bem eficaz.

Por exemplo, o paciente chega reclamando de ansiedade por uma situação que ainda vai viver, o terapeuta vai pedir para o paciente imaginar o que vai acontecer se a situação der errado.

Dessa forma, o paciente vai ter consciência que qualquer que seja a situação há solução e saída, nem sempre a que ele espera, e por isso é importante lidar com o sentimento de frustação.

3 – Hipnose

Já a hipnose vai mais do que tratar o sintoma, mas tratar a causa, o que vai realmente se aproximar da cura real.

Com a hipnose o paciente e o terapeuta vão descobrir o exato momento e a causa dos sintomas, quais gatilhos fazem a ansiedade aparecer, e afins! Com a técnica será possível inserir no inconsciente do paciente tarefas, atitudes, e até palavras para que essa ansiedade seja diminuída de forma instantânea!

Os efeitos podem ser sentidos de forma imediata, por isso a técnica traz uma grande vantagem em relação as outras, o seu paciente vai sair de uma sessão bem aliviado.

Published in Hipnoterapia

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *